O meu blog.... Baby Love
Este cantinho é dedicado a todas as mães, pais, grávidas, avós e todos aqueles que vivem no "mundo dos bébés".

O blog aborda assuntos tais como saúde, comportamento, educação, sentimentos, gravidez, curiosidades e muito muito mais....

Aceitam-se sugestões, ideias e crónicas.

baby.love@sapo.pt


segunda-feira, 21 de maio de 2007

Brinquedos seguros


Siga as recomendações da APSI e escolha brinquedos seguros para as crianças


* Crianças com menos de 1 ano
Brinquedos que chiam. Ver se existe alguma válvula que se possa destacar; ter atenção ao ruído que produz, uma vez que pode atingir níveis elevados junto ao ouvido do bebé que podem ser prejudiciais. Elásticos que atravessam as camas.
Só deve ser utilizados até perto dos cinco meses, porque mediante a capacidade do bebé se pôr de gatas podem apresentar um risco de asfixia.Rocas e Chocalhos.
Não devem ter cabos compridos (que podem magoar a boca ou os olhos).
O ideal é que tenham cabos largos e arredondados, e sejam leves.Caixas de Música e outros brinquedos com fios ou cordas.
É preciso ter atenção aos fios (que deverão ter, no máximo, 220 mm), assim como à altura do som e ao peso.Cubos para empilhar e outros. Ter atenção ao peso e à resistência, uma vez que nesta idade os bebés acham imensa piada ao atirar objectos para o chão.

* Crianças de 1 a 3 anos
Carrinhos, triciclos, cavalos de pau. Ter atenção ao tamanho do brinquedo face à dimensão do quarto. E, durante a sua utilização, estar alerta para a proximidade de escadas, piscinas, lareiras, etc..Brinquedos a pilhas.
Verificar se o compartimento das pilhas está devidamente vedado (inacessível aos dedos hábeis das crianças).Livros. Ter atenção às peças pequenas que se possam destacar
.Carrinhos, Comboios. Cuidado com as rodas e pneus que se destacam facilmente.Bonecas. Ter em atenção o tamanho dos acessórios, sapatos, bijuterias, etc..Peluches.
Devem ser macios, laváveis e resistes, sendo que este último item pode ser testado com a manipulação do boneco que permite verificar se larga pêlo, se os olhos, os botões e outras peças podem ser engolidas ou aspiradas para os pulmões.
E não devem ter pêlo comprido, caudas ou cabelos.Brinquedos com bolas esféricas ou ovóides. Manter a criança sob vigilância para evitar que o engula e bloqueie as vias respiratórias.

* Crianças dos 3 aos 6 anos
Imitação dos adultos. Tem atenção aos mais novos em actividades que envolvam réplicas de objectos (pratos, talheres, sapatinhos) e de alimentos vários.
Tábuas e ferros de engomar. Ter cuidado com os mecanismo de dobragem, o peso e o bico do ferro.Lápis, feltros, plasticina. Verificar os componentes e a existência da Marcação CE.
Tesoura e jogos de colagem. Optar por tesouras sem bicos e colas não tóxicas.Jogos de construção. Ter atenção ao tamanho das peças (mesmo nesta idade constituem perigo de asfixia) e à presença dos mais novos.

* Crianças com mais de 6 anos
Skates, trotinetes, patins. Comprar o equipamento completo (capacetes, luvas e joelheiras), verificar o cumprimento das regras de segurança e a presença da marcação CE, e assegurar a existência de um local onde possam ser utilizados sem perigo.
Pistolas com projécteis ou fulminantes. Ter em atenção a projecção de peças e o nível do ruído.Espadas. Cuidado com os bordos cortantes e pontas demasiado aguçadas ou com bico, que podem magoar os olhos.Máscaras e disfarces.
Ter atenção ao uso de roupas largas, cabelos compridos,... junto ao fogo.Bóias. Nunca deixar a criança sozinha, uma vez que ela pode virar-se com facilidade.Baloiços e escorregas de Jardim. Verificar o cumprimento das normas de segurança, a estabilidade dos equipamentos e a necessidade de manutenção.

Sem comentários:

Volte sempre

Volte sempre
E comente...